Como fazer a DIETA LOW CARB do jeito certo para emagrecer

Como fazer a DIETA LOW CARB do jeito certo para emagrecer

20 de agosto de 2021 0 Por Carlos Marinho

Se você quer emagrecer você está no lugar certo porque eu vou te ensinar como fazer a dieta lowcarb que te ajuda a emagrecer mas que também te faça mais saudável. E é basicamente reduzir a quantidade de carboidrato da sua vida, reduzir… Lowcarb na minha opinião é o futuro porque carboidrato é açúcar e tirar o açúcar é vida! É o princípio do desembrulhar menos e descascar mais, entendeu? O açúcar engorda, faz mal para os dentes, inflama o corpo, desgasta, envelhece… Quer dizer… Nesse esquema lowcarb o seu metabolismo funciona mais rápido e porque você foca a alimentação na proteína e na gordura, essa alimentação também te tira a fome porque a gordura demora mais para digerir.

Mas é gordura da boa, não estou falando de fritura não, hein? E te ajuda a combater a retenção de líquidos e aliás esse desinchar é uma das primeiras sensações que você sente logo que você começa a fazer lowcarb.

Como fazer a DIETA LOW CARB do jeito certo para emagrecer

Além disso, também vai te ajudar a diminuir os triglicerídeos, se for o caso. Também ajuda a diminuir a quantidade de infecções urinárias que você tem, se for o caso. Porque as bactérias dentro de você já não têm tanto alimento se você tirar o açúcar, entendeu? O carboidrato.

E depois, também é legal pra você regular as taxas de glicemia, no caso de pré-diabetes e mesmo durante o diabetes, dá pra você ficar com aquilo bem legal. O seu médico vai gostar. Você tinha ideia de que lowcarb podia fazer tudo isso por você? É incrível.

Na minha casa eu faço muito lowcarb e o pensamento é o seguinte para te ajudar, é assim que eu penso: Que vegetais vão estar no meu prato, né? Então são… Vai ser couve, vai ser uma folha… Vai ser o quê? O feijão ou a lentilha? Ou vai ser o brócoli ou a couve-flor? E depois o quê… Pode ter arroz? Pode.

Pode arroz e feijão? Óbvio que pode mas a quantidade de arroz propriamente, de carboidrato ou de batata, ou de macarrão que eu puser no meu prato vai ser menor. Porquê? Já fiz o brócoli, tenho que comer já cortei o tomate, já fiz a salada… Sabe? Eu fiz o cogumelo… Não sei qual é o vegetal que você gosta mas o segredo de fazer lowcarb legal é aumentar o leque de vegetais que você pode comer.

Eu vou te dizer mais para a frente quais são os vegetais mais pobres em carboidratos que combinam mais com lowcarb. Mas depois vem a proteína, né? E a proteína pode ser o seu tofu, o seu seitan, o frango, a carne, o peixe… O que você quiser.

Mas a ideia é: quanto mais vegetais eu misturo no meu prato, menos sobra espaço para batata, arroz, macarrão… Não tem que ser sempre isso para acompanhar o que quer que seja, entende? Pensa nisso depois, entendeu? E eu também vou te mostrar umas refeições que eu faço lá em casa, uns exemplos para te dar assim uma… Para te inspirar e dar umas ideias, o que é que você pode fazer no dia a dia fácil, que o meu negócio é sempre fácil e saudável, né? E lowcarb.

Porque você não precisa de dietas malucas que te tiram o prazer de comer e até colocam a sua saúde em risco. Por isso é que a dieta lowcarb pode muito bem ser o seu caminho para alcançar o peso que você sempre sonhou e ser mais saudável e feliz.

E é claro eu estou aqui para te ajudar! A dieta lowcarb é um estilo de alimentação mais saudável e que serve para qualquer pessoa. Não tem nada a ver com deixar de comer completamente o arroz e endemonizar a batata ou nunca mais olhar para o macarrão… Não tem nada a ver com isso, tem a ver com diminuir a quantidade de carboidrato e incluir alimentos com carboidratos de melhor qualidade.

A gente come muito carboidrato e esse é o problema. A gente fala “lowcarb” na verdade para mim é “normalcarb”, não devia ser, a gente é que come muito carboidrato. Tirar o carboidrato é comer o carboidrato que a gente tem de comer, que é menos.

Então presta atenção a alguns exemplos de refeições que eu faço lá em casa, anota aí. Só para te inspirar, sabe? Por exemplo, café da manhã, imagina… Uma xícara de café, um ovinho poché ou cozido ou escalfado, não sei como se chama na sua região… Que você põe na água assim com um pouquinho de vinagre e sai assim sem casca, delícia! Depois uma fatia de pão de aveia com um abacatinho, sabe? Uma pimentinha, um azeitinho e um salzinho no abacate… Café da manhã low carb.

Outro exemplo de café da manhã lowcarb pode ser um iogurte, com uns moranguinhos picados, uma granola por cima, hm? Gosta? Um cafézinho né? Para terminar ali, um cafezinho sem açúcar, para deixar o parênteses sempre aberto e fechado, porque é sem açúcar sempre, é lowcarb que a gente está falando aqui.

E outro exemplo de café da manhã delicioso, como num dia que você está com pressa, pah… Uma crepioca, hm? Recheada com queijo e um cafézinho. Ah eu adoro o cafezinho… Mas pode ser chá, se você não curte café.

Pode ser um chazinho. Agora para os lanches você pode pensar assim: um punhadinho de castanha do pará ou então castanha de caju, umas amêndoas, nozes, um queijinho, azeitonas… Hun? Gostou? Ficou salivando? São boas alternativas aí de lanches para você.

Lowcarb é um conceito equilibrado, sabe? Se trata de diminuir a quantidade de carboidrato e não de tirar completamente o carboidrato, não é radical, entende? É por isso que eu gosto dessa dieta, desse estilo de alimentação, na verdade.

Agora para almoço e jantar, pensa aí… Imagina, né. Um macarrão de abobrinha, né? Você corta a abobrinha assim às tirinhas, coloca na panela com um pouquinho de azeite e uns tomatinhos cortadinhos e tal.

E acompanha com quê? Uma carne moída, o salmão, o camarão, um peixinho qualquer se não tiver o salmão não tem que ser, atum, enfim… Eu adoro com lentilha, fica assim mais vegano mas eu gosto muito também.

E depois tem a berinjela recheada, adoro berinjela recheada! Uma carne moída, um atum na berinjela recheada, sabe? Você faz de lado um atum, recheio né? Com tomatinho, um milho, não sei quantos… Depois você recheia a berinjela, leva no forno, um queijo ralado por cima… Lowcarb e delicioso! Você vai pegar o quê? A quinoa, em vez de pegar o arroz para cozinhar, é exatamente a mesma coisa.

Você põe a quinoa na água, espera cozinhar e você tem mais proteína do que carboidrato. Você tem um “arroz”… Quinoa… Mas é com menos carboidrato. Aí você acompanha com o brócoli que você tiver né? Ou um tomatinho picado e por exemplo, um franguinho, um filezinho de frango assim na chapa.

Fazer uma alimentação mais saudável não tem que ser ruim. Está aí! Lowcarb pode ser o seu esquema. É o meu! Ah! Eu adoro sabe o quê? Ratatouille. Que na verdade sabe o que é? Legumes assados.

Você põe… Eu ponho junto no forno berinjela, abobrinha, cebola, tomate, pimentão e tal. Dou assim um… Passo um fiozinho de azeite, ponho um peixinho ali do lado, ponho no forno 20 minutos e eu tenho os meus legumes.

Eu gosto deles meio aldentes, meio crack mesmo, que é o tempo do peixe cozinhar e eu tenho um jantar rápido, fácil, lowcarb e barato. E saudável! Falei a parte saudável? Não posso esquecer. É bem saudável.

Outras opções pode ser o quê? Uma saladinha, um creme de alho poró, uma sopa de tomate… No inverno uma sopa de tomate, pensa lá… Quentinha, você joga o ovo ali, deixa o ovo esquentar… Você faz um poché sabe? Um escalfado mas dentro da sopa de tomate.

Adoro! E no verão você faz a sopa de tomate diferente, que é um gazpacho, que é uma sopa de tomate gelada, que é cebola, pimentão, tomate no liquidificador com um pouquinho de vinagre gelada. E que acompanha com pepininho? Oh… Babei.

Tem aí? Não tem né? Hm… Tenho que fazer. É uma dieta sem muitas neuras onde você só tem que ter atenção, à quantidade de carboidrato do seu prato, do seu dia alimentar. Uma das coisas mais legais que eu gosto na dieta lowcarb é que te obriga a produzir menos insulina.

Insulina é um hormônio normalmente produzido pelo corpo no processo digestivo, quando você consome carboidrato, açúcar, hm? Só que a insulina informa o teu corpo quando chega lá, que tem insulina no sangue, a informação é: “Vamos armazenar gordura!”.

E você armazena gordura quando você tem insulina. Então quanto mais insulina você produz mais gordura você armazena. E quando você come menos açúcar, você tem uma produção menor de insulina e você emagrece mais rápido.

Mais fácil, entendeu? Agora para adotar a lowcarb de verdade, vou te dar ferramentas, vou te dizer aqui uma lista de alimentos que você pode comprar e que você vai comprar na próxima ida ao supermercado, pensa bem.

Anota aí, né? Anota aí que vai estar aqui escrito também, vai estar na minha boca, vai estar aqui na tela, para você não esquecer e no teu papel aí. Abobrinha, o xuxu, a couve, couve-flor, brócolis, acelga, repolho, espinafre, cogumelo, espargos, que eu adoro… Que não tem sempre em todo o lado mas é bem legal e é bem lowcarb.

Então esses são alguns alimentos que você pode incluir e que são super liberados na dieta lowcarb, para você pôr na sua lista de compras da próxima vez. Para você entender se aquele vegetal é ou não é lowcarb pensa assim: cresceu por baixo da terra? Batata, inhame, cenoura… Cresce debaixo da terra, beterraba… Tem mais carboidrato.

Cresceu em cima da terra? O xuxu, o cogumelo, a abobrinha… É mais lowcarb. A partir de agora você vai dar prioridade e preferência às frutas menos doces. Então: morango, amora, framboesa, pêssego, pitanga, melão, maracujá, carambola, mirtilo e acerola são alguns exemplos de furtas que mesmo maduras não tem muito açúcar lá dentro.

E que são assim super ricas em antioxidantes, é vida, sabe? Óptimo! E tem outra coisa… Não basta diminuir o carboidrato, a proteína e a gordura têm que ser de boa qualidade. Proteínas de boa qualidade pode ser o seu peixinho, a carne… A carne tem de ser magra mas o peixe pode ser gordo, né? A gordura do peixe é legal mas a gordura da carne nem tanto.

Ovos, laticínios tipo queijos né? Pode ser o iogurte, pode entrar no lowcarb, bem legal. A ricotta é um queijo bem interessante para você incrementar na sua dieta. Gorduras boas para a dieta low carb: A gordura proveniente do abacate, do azeite que é o óleo da azeitona, hm? Da semente de girassol, a própria semente de abóbora, semente de linhaça… Amêndoas, nozes, castanha do pará por exemplo, sempre integram ali a lowcarb, te ajudam oferencendo muitas gorduras de boa qualidade.

Gordura é super bem vinda na dieta lowcarb, ok? Você tira carboidrato tem que compensar com alguma coisa, gordura e proteína de boa qualidade. Mas não é gordura proveniente de fritura e nem é gordura que vem em pacote.

A gordura está no rótulo, está não sei quantos de gordura, está empacotada… Foge de gordura que está dentro de produto industrializado empacotado! Por isso é que você vai fugir sabe do quê? Fast food, que tem muito carboidrato, muita gordura trans, que além de ser super saturada e péssima para o seu colesterol, é terrível para o seu fígado e para a sua saúde em geral, entendeu? O que eu gosto nesta história de lowcarb é que você começa a ter mais consciência com relação aquilo que você está comendo, sabe? E é um esquema fácil e barato e que você come comida de verdade.

A regra de ouro é mesmo essa. Comer produtos frescos e naturais. Como tudo na vida tem dois lados, tem sim alimentos proibidos na lowcarb que são alimentos principalmente industrializados, cheios de aditivos e que são prejudiciais, aliás são prejudiciais para a sua saúde, não tem que estar na lowcarb, não pode estar na lowcarb mas não devia estar na tua vida em nenhum momento.

Nada de mortadela, salsicha, linguiça, salame, presunto, peito de peru, sabe? Passa longe disso no supermercado. Refrigerante, suco de caixinha, sorvete, doce, bolo, biscoito também não combina com lowcarb.

Sabe aqueles cereais de criança? Na verdade aqueles docinhos que se chamam de cereais que é redondinho, coloridinho ou então é de chocolate ou então… Sabe? Criança que é criança adora. Aquilo não combina, é para tirar.

Cospe! Não come. Se tem em casa, queima. Entendeu? Não é para comer. Batata frita, aqueles salgadinhos prontos, comida pronta congelada, margarina ou seja, gordura na dieta lowcarb tem que ser boa.

E mesmo se os alimentos forem lights ou reduzido em gordura são alimentos… Sabe? Que você olha e diz “Ah tem menos calorias… Ah é não sei quanto de % menos.” Né? São alimentos que se estão empacotados tem gordura de má qualidade, entende? Por isso, não combinam com dieta lowcarb.

Então se você tiver que tirar de um pacote, tiver uma data de validade longa, atenção! E se estiver escrito lá no pacotinho gordura trans, fica de olho. Não come! Mesmo que seja pouquinho porque gordura trans é uma quantidade pequena mas basta uma quantidade pequena para te fazer mal à saúde.

Esse é o problema da gordura trans. E por falar em ler rótulos, no rótulo dos alimentos está escrito quanto de carboidrato de açúcar tem naquele produto, né? Mas açúcar e carboidrato podem ter outros nomes que para você, no seu olhinho inocente, que agora não vai ser mais, que eu vou te tirar a inocência nesse momento… Não vai ser mais porque você vai saber que o açúcar pode ser conhecido como, no rótulo, lá pode estar escrito assim: maltodextrina, pode ter escrito frutose, pode estar lactose… Lactose é açúcar.

Pode estar escrito xarope de malte, xarope de milho, açúcar invertido, sacarose, maltose… São todos nomes diferentes para a mesma coisa, tipo minha mãe me chamava de Tati, de Tatinha, Tatiana quando estava mais chateada… Mas tudo igual, entendeu? É isso.

E aí esses nomes todos confundem porque são diferentes e aí agora ninguém mais te engana. Normalmente a indústria coloca o açúcar numa quantidade incrível para você gostar e viciar e seu cérebro sentir prazer e aí você quando você sente prazer com uma coisa, você faz o quê? Repete aquela coisa.

Então você vai comer demais e de novo aquela coisa. Então quanto menos você repete esses comportamentos que te alguma forma te induzem o prazer, você esquece e desacostuma de comer aqueles alimentos e aí você é capaz de fazer uma dieta lowcarb sem sacrifício.

Prometo! E é isso, eu acredito mesmo que lowcarb é o futuro, sabe? Tirar açúcar é vida e é o seu futuro se você quiser ter uma vida longa e saudável. Então vai no lowcarb! E se você gostou desse vídeo, se eu te ajudei a entender melhor o que é que é o lowcarb, como é que pode entrar na sua vida, como fazer né? Como é a questão prática da história… Se isso te inspirou a fazer lowcarb me conta! Dá um like no vídeo, se inscreve no canal, passa para todo o mundo, manda no grupo da família e tal… Olha aqui a Tati! O vídeo é legal, o canal tem coisa legal, por isso fica com a gente.

Até a próxima!